Somos 60 famílias de coletores de sementes nativas do Cerrado das comunidades do entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: Assentamento Silvio Rodrigues, Vila de São Jorge, Colinas do Sul, Alto Paraíso de Goiás, Teresina de Goiás, Cavalcante, São João d'Aliança, Comunidades do Território Quilombola Kalunga.

Nosso principal objetivo

é contribuir para a conservação e recuperação do Cerrado, fornecendo sementes de gramíneas, ervas, arbustos e árvores de espécies nativas do Cerrado para projetos e iniciativas de recuperação de áreas degradadas de Cerrado. 

O Cerrado

A Associação Cerrado de Pé está localizada na região da Chapada dos Veadeiros, região de imensa biodiversidade e grande número de nascentes que faz parte da Reserva da Biosfera do Cerrado, área que fornece e permite a vida na Terra, designada para conservação ambiental e desenvolvimento humano de forma sustentável. O Cerrado vem sendo desmatado em uma velocidade enorme, sendo que mais de 50% do bioma já está totalmente alterado. A principal causa do desmatamento no Cerrado é o avanço da agricultura de larga escala para produção de commodities, como soja, milho, algodão e eucalipto. O ritmo do desmatamento do Cerrado hoje é quase quatro vezes maior que o da Amazônia. Além disso, a invasão de gramíneas exóticas, as mudanças do clima e o uso indiscriminado do fogo são outras questões que contribuem muito com a degradação do Cerrado. Neste contexto, a Chapada dos Veadeiros, onde está a Associação Cerrado de Pé, é uma região muito importante devido à presença de grandes contínuos de Cerrado, principalmente, dentro das áreas protegidas existentes ali, como o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a APA do Pouso Alto, além de diversas Reservas Particulares - RPPNs e o território quilombola Kalunga. Devido à situação de muita degradação do Cerrado, é crescente a demanda por iniciativas de restauração da vegetação.

A Associação Cerrado de Pé tem importante papel no fornecimento de sementes para estas iniciativas, ao mesmo tempo que gera renda para as famílias da região e valoriza o Cerrado em pé como alternativa de desenvolvimento socioeconômico, restaurando áreas degradadas e protegendo nascentes. O Brasil se comprometeu e tem meta de restaurar 12 milhoes de hectares até 2030, e desses, 5 milhoes estão localizados no bioma Cerrado.

Por que nosso trabalho é importante?

Além de contribuir para restauração do Cerrado por meio da disponibilização de sementes para iniciativas de recuperação do Cerrado,  a associação visa:

• Incentivar o extrativismo sustentável no entorno do PNCV, fomentando cadeias produtivas que valorizem o Cerrado em pé: como polpas de frutas, castanha de baru, farinhas, entre muitos outros;

• Gerar renda para população de áreas rurais com base na conservação do Cerrado;

• Capacitar coletores para coleta de sementes, beneficiamento, armazenamento e distribuição de maneira sustentável;

• Valorizar o coletor de semente e sua identidade para contribuir com o empoderamento das comunidades rurais;

• Envolver e aproximar a população nas ações de conservação da biodiversidade do Cerrado e no entorno do PNCV. 

Compre nossas

SEMENTES

Confira nossa

GALERIA

DE IMAGENS

Estamos construíndo nossa

CASA DE SEMENTES

Sem a Casa de Sementes, as sementes que coletamos são armazenadas de forma improvisada e inapropriada, prejudicando sua taxa de germinação e comprometendo o trabalho dos coletores. Nesse momento a construção da Casa de Sementes é a prioridade da Associação, e a maior ajuda que pode nos ser oferecida.

Para doações:

Associação Cerrado de Pé

Banco Itaú

Agência 5315

Conta corrente 07165-3

CNPJ 28.080.748/0001-60

Projeto: Alan Chu

SEJA UM(A) VOLUNTÁRIO(A)

Ajude a Cerrado de Pé a restaurar o Cerrado

O serviço voluntario é uma ótima oportunidade de aprender na prática o que a Cerrado de Pé faz para ajudar a manter este bioma vivo.

 

Para ser uma voluntária ou voluntário, clique no link e preencha o formulário.

(62) 9 9901-7268  |  (62) 9 9840-5836

cerradodepe@gmail.com

PDF do nosso

ESTATUTO

 
© 2019 • Cerrado de Pé • Todos os direitos reservados  |  design: Gui Cavalcanti